Sugestão de roteiro para o inverno europeu

      Nenhum comentário em Sugestão de roteiro para o inverno europeu
Viena ( Wien)

O roteiro de inverno que sugiro é bem básico – já o fiz em todas as estações do ano, sendo duas vezes no inverno. Penso que é melhor iniciá-lo por  Praga, a bela capital da República Tcheca e já pensar , ao menos, em um bate-e-volta que pode ser a Karlovi Vari ou Český Krumlov ou Pilsen


Praga

De Praga, usando trem em que se vê melhor as paisagens, siga para Viena. Se houver disponibilidade de tempo, sugiro dois pit stop : Brno, na Morávia, onde se pode visitar o castelo e seus jardins,  e Bratislava, a capital da Slovakia, com fantástica vista do Danúbio e do grande Castelo que está à margem dele. Para Bratislava, talvez um dia inteiro, e aproveitando para comer halusky, uma comida deliciosa.



Castelo de Bratislava

O tempo de permanência em Viena pode depender de dois fatores : interesse, especialmente por arte, e orçamento disponível, poi é uma cidade de custo alto. Ela é magnífica, grandiosa, bela – e tem um invejável transporte público. Há alguns  posts, aqui no correndomundo, que podem contribuir na elaboração de seu roteiro, como estes: http://correndomundo.blogspot.com.br/2016/08/anotacoes-sobre-imponente-e-bela-viena.html  e  http://correndomundo.blogspot.com.br/2016/01/viena-1a-parte.html



Viena

Continuando de trem, vá de Viena a Budapest – a simplesmente maravilhosa capital da Hungria. Das cidades mencionadas, é provável que seja esta a que você vai lamentar se dispuser de pouco tempo. É alegre, com passeios fantásticos que se pode fazer a pé ou usando metrô. É festiva, tem boa comida e . fora os taxistas, que tanto quanto em Praga, com raríssimas exceções, são insuportáveis, tem um povo muito diferente dos austríacos (rsrsrs)


Budapest

Também para Budapest, há alguns posts, aqui no correndomundo, que podem contribuir para a elaboração de seu roteiro, como estes a seguir e como outros a serem descobertos. http://correndomundo.blogspot.com.br/2016/08/novamente-budapest.html  e  http://correndomundo.blogspot.com.br/2016/08/o-danubio-da-valsa.html e ainda http://correndomundo.blogspot.com.br/2016/01/budapest-2a-parte.html


Budapest

Tanto em Viena quanto em Budapest , depois de experimentar alguns hoteis, optei por hospedar-me sempre no Ibis, uma cadeia de hoteis muito similares em qualquer lugar onde estejam, com hoteis três estrelas honestos, desses que a gente sabe o que vai e o que não encontrar, e com preço bastante razoável. 




Em Praga

Em Budapest , hospedo-me no  Ibis Budapest Centrum ( há outros lá, mas esse tem ótima localização ); em Viena, no Ibis Wien Mariahilf  e , em Praga, no Hotel Kampa, um quatro estrelas, também com excelente localização e delicioso café. Não tenho parcerias com hoteis no Blog. Estou informando os hoteis que eu realmente me hospedo.




Praga


Estou à disposição para ajudar a esclarecer dúvidas sobre o que escrevo. Podem contatar-me  aqui,  no correndomundo, ou por e-mail. Em abril do próximo ano, dos países mencionados acima,  eu irei somente a Budapest e , de lá, para a Croácia, iniciando, assim, um recorrido de 30 dias pelos países da ex- Yugoslávia. Os roteiros de março, maio e junho estou, ainda,  trabalhando neles.


Viena


” Vão breve passando

Os dias que tenho.
Depois de passarem
Já não os apanho.


De aqui a tão pouco

Ainda acabou.
Vou ser um cadáver
Por quem se rezou.


E entre hoje e esse dia

Farei o que fiz:
Ser  qual quero ser,
Feliz ou infeliz.”


Fernando Pessoa



Praga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *