Mostar, antiga capital da Herzegovina.

      Nenhum comentário em Mostar, antiga capital da Herzegovina.
Mostar – centro histórico
Sarajevo atualmente é a capital da Bósnia e Herzegovina. Mostar, para onde fomos depois de Sarajevo, foi capital de Herzegovina, antes da união dos dois países. Tanto Sarajevo quanto Mostar encantaram – me a ponto de eu pensar em retornar a elas e permanecer por um mês. O transfer entre essas duas cidades foi feito de trem – viagem tranquila, num trem simples e lento. Mostar é uma bela e histórica cidade.
Mostar visto do alto de uma das montanhas próximas à cidade

É uma cidade feita de pedra sobre pedra. Tem clima mediterrâneo, muito verde, muito sol e muitas flores. É o centro cultural, histórico, científico e político de Herzegovina. Desde 1592, a cidade se converteu em sede das altas autoridades religiosas islâmicas. Após, vieram as autoridades da igreja Ortodoxas e , posteriormente, as da igreja Católica. Atualmente. converteu-se num relevante centro universitário  e científico.

Rio Neretva

Certamente a grande atração desta cidade é a Ponte Velha De Mostar, construída sobre o rio Neretva,  no século XVI, onde , no século XV existiu uma Ponte Pênsil. É dos monumentos mais famosos da antiga Jugoslávia – símbolo da época otomana da Bósnia e Herzegovina.

Ponte velha de Mostar

A Ponte Velha, verdadeiro símbolo da cidade, foi construída segundo o projeto de Hairudin, um famoso construtor turco. Tem o comprimento de 28,70m; a largura de 4,49 m e a altura de 21 m sobre o nível das águas. Sobre ela, um belíssimo arco de pedra. Ao redor da ponte, desenvolveu-se historicamente o centro da cidade – seguramente o melhor lugar para encontrar bons restaurantes e fazer algumas comprinhas. A Ponte faz parte do Patrimônio da Humanidade desde 2005.

Ponte Velha

Caracterizam também a cidade de Mostar monumentais e belas Mesquitas com vistosos minaretes; as igrejas ortodoxas com magníficos ícones; a basílica e a catedral católicas e o convento franciscano, famoso por suas coleções e arquivos. Pode-se, ainda, visitar a parte moderna de Mostar, com seus grandes centros comerciais e empresariais. Interessante, mesmo, é o centro histórico, com seus aromas e cores e seus anúncios típicos.

Sons, cores, formas e odores nas proximidades da Ponte de Mostar

Para quem vai a Bosnia e Herzegovina, sugere-se  visitar  lugares agradáveis, bonitos e pitorescos, como Blagaj, uma aldeia do século XVI, situada na nascente do rio Buna. É um espetáculo raro. De uma grande abertura na caverna, sobre a qual se levanta uma parede rochosa de 50 metros de altura. Aos pés do rochedo um antigo templo.

Nascente do rio Buna  junto a Blagaj

Trata-se de um  magnífico monumento natural e cultural, reunindo a força e a beleza  da água com o valor arquitetônico de construções islâmicas do século XVI. É um lugar agradável para, entre verdes e águas, descansar e fazer uma boa refeição. Há excelentes restaurantes no local, a maioria especializado em pescados. Num carro contratado com motorista, nosso dia rendeu, mas deixamos fora Mostar, porque permaneceríamos dois dias lá, a partir do dia seguinte.

Nascente do rio Buna  junto a Blagaj

Sempre bem-vinda uma parada para um café – ainda mais quando se trata de um café turco, que dá a oportunidade de fazer , mesmo que seja de brincadeira,  uma leitura da borra que fica na xícara. Nas cafeterias, novamente se observa a gentileza do povo, que é sofrido, educado e dá muito valor ao turismo.

Café delicioso!

Pociteli é uma fantástica cidade medieval, mencionada já em documentos de 1444. Hoje, uma cidade-museu, que merece ser visitada, em razão de suas peculiaridades, como a mesquita de Hadzi-Alija, que foi construída em 1563, e foi decorada com belas pinturas. Encantaram-me as ladeiras próximas à cidade e ao rio Neretva, com grandes plantações de figos, palmeiras e uvas.
Outra cafeteria próxima ao Neretva
Este é um tour de um dia, partindo de Sarajevo e chegando próximo à pequena saída para o mar Adriático que Bósnia e Herzegovina lutaram para ter. Após essa saída com  cerca de 10 km, a faixa litorânea passa a ser da Croácia. É preciso apresentar passaporte antes e depois de passar essa pequena extensão – travessia estranha!
Antiga fortaleza em histórica aldeia

A igreja de Nossa Senhora de Medugorje é o maior ponto turístico-religioso  da região. Lembra Fátima, em Portugal, e Lourdes, na França. Num lugar inóspito, uma grande igreja, uma bela imagem de Nossa Senhora e um grandioso comércio ao redor. Predominam os peregrinos europeus, que, a noite, fazem parte da legião de turistas que transitam por Mostar, a cidade mais próxima e mais movimentada.
                                                       

Nossa Senhora de Medugorje

Seguramente , de todos os tour de um dia que fizemos, para visitar lugares perto mas não tanto. esto mais interessante e informativo. São belíssimos os rios, as montanhas, os monumentos históricos e até o traçados dos caminhos. Está preparado para que se faça bons e inesquecíveis passeios.

” A água da chuva desce a ladeira.
É uma água ansiosa.
Faz lagos e rios pequenos, e cheira
A terra ditosa.”

Fernando Pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *