Notícias minhas – 21/11/2018

      Nenhum comentário em Notícias minhas – 21/11/2018
Porto Alegre – RS – Brasil

Vivi, ultimamente,  dias difíceis com tosse, dores, rouquidão e alergias. Período de muitas flores , com pólen em abundância, me trazem esses sintomas…preciso, no entanto,  vê-los como compensação da beleza que as plantas gratuitamente me oferecem e como parte da grande aventura de estar viva. Com a cirurgia recente, o desconforto gerado torna-se maior e mais assustador. 
POA

Planejava ir a Santa Maria, Alegrete e Chapecó, em rápidas visitas, apenas para rever pessoas queridas.   Planejava escrever mais. Decidi, entretanto, colocar minha vida entre parênteses  e  ficar quietinha, cultivando leveza, saúde e serenidade. Suspendi, até o Correndomundo  com previsão de retomá-lo no início de 2019. 
Município de Igrejinha RS / Brasil

Em raríssimo momento, em mais da metade deste ano , faltaram-me condições de gerir minha vida com autonomia e lucidez. Descobri, entretanto,  o quanto temos que estar preparadas – com organização e independência – para enfrentar, nas horas difíceis,   palpites e  interferências até de pessoas próximas fisicamente, mas distanciadas emocionalmente. Outra dor enfrentada – e superada -que se revela em horas de fragilidade.

O  leão atento de cada dia…

Mas o predomínio foi do respeito, da honestidade, da bondade. Volto a agradecer, por essa razão,   as manifestações de  apoio, afeto e acolhida, bem como o cuidado,  o carinho  e os abraços, que recebi em 2018. Foram muitos, e eu os recordarei sempre.  Ajudaram-me a  suportar  dores físicas e dores decorrentes de perdas.  A colheita final resulta da semeadura feita. Muito obrigada. Longo abraço.

Vida que segue…
” Ter pressa é não saber chegar.
Vou devagar.
Vou devagar porque o que é sorte,
E o que é morte,
Não as busco, não as evito,
Vem-me buscar.
Por isso vou sob o infinito
Sem me apressar.”


Fernando Pessoa            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *